quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Socorro, que me faz lembrar alguém!!!!!

29 comentários:

  1. É caso para dizer "Socorro!!! que este homem dançando é muito Galante".

    ResponderEliminar
  2. Zélia ... rssssssss ... você é mesmo muito mázinha ... olha do que você se lembrou rsssss ...
    é do piorio ... não tem nada a ver com o elogio que o revendedor da bimby lhe fez no post acima ... (eu acho que é uma revendedora ... porque um revendedor não faz apelos à concorrência ... )

    LT

    ResponderEliminar
  3. LT... essas suas conclusões tão redondas, sempre a excluír os "campestres", tsssss tssss ...! Não me diga que agora também os quer proibir de ser revendedores da bimby..? Isso é um comportamento obsessivo-compulsivo grave :) e ainda por cima violador do princípio da igualdade.
    Não me diga que era uma ideia deste género que tinha em mente para um pézinho de dança, no convite para o baile da pinha? Não deixava de ser uma ideia "galante"...upssss hilariante, ver o LT a rodopiar no recinto do baile e a assistência a escapulir-se a toque das suas ultra poderosas toxinas! Até alinhava, mas só por uma questão de solidariedade com a Zélia... Ver o LT coroado num baile da pinha seria a cereja no topo do bolo ... :)

    Quanto ao "artista"! Se o Zé Cabra conseguiu, o que é que este tem a menos? (Já vimos que, pelo estilo extremamente galanteador, até terá a mais...)

    BB

    ResponderEliminar
  4. ... BB, não use erradamente a expressão campestre ... o que eu uma vez comentei é que preferia usar a expressão panisga em vez de homossexual e fanchona em vez de lésbica porque são expressões mais campestres ... as outras são muito rebuscadas e dão um ar intelectual à coisa ... e como tal prefiro chamar panisgas e fanchonas a esse pessoal ...
    Sobre as músicas do baile da pinha e a articulação que fez com a prestação com o Hélio dos Passos, leva-me a concluir que não consegue distinguir uma valsa de um tango, de um rap de um mambo ... contudo e pela sua resposta de desdém exuberante (assim tipo quarentona que vai jantar com umas amigas e bebem uns copos) achei que ficou nervosa e a jogar à defesa pela tentação ... reflexo de medo de ir dançar, gostar e já não querer parar ... e depois arranja uma daquelas desculpas esfarrapadas de que só foi ao baile por solidariedade com a amiga ...
    Já vi "terramotos" começarem por muito menos .
    ... mas diga lá se não seria giro eu coroado de rei e a BB de rainha, ao som apoteótico de Heroes do David Bowie ...
    ...
    I, I will be King
    And you, you will be Queen
    Though nothing will drive them away
    We can be heroes just for one day
    We can be us just for one day

    LT

    ResponderEliminar
  5. Mais uma conclusão estrondosamente redonda da sua parte, LT...:) Só não lhe digo,quente,quente, mornooooooo, frrioooo, como naquele jogo infantil em que se escondia o lenço... E que mal que lhe fica especular sobre a idade de uma senhora (será senhora, panisgas ou fanchona?), catalogá-la como "quarentona que vai jantar com umas amigas e beber uns copos", assim, do tipo, de quem só tem autorização para cometer tais "loucuras" no Dia da Mulher! Poupe-me...! Definitivamente, não somos da mesma geração, e acredite que seria mesmo um sacrifício apanhar-me num Baile da Pinha, embora só tenha que respeitar quem goste. Não é um convite virtual para esse evento que me afecta psicológicamente, isso lhe garanto. Não estou própriamente na pré-adolescência :)
    LT, hoje já chega de o descadeirar, senão vai ficar a parecer que fiquei nervosa com a sua pequena provocação (o que nem foi o caso..)!
    Estou a imaginar a cena da coroação, noutro tipo de cenário, mas acertou em cheio numa das "minhas músicas". E esta, hein..? Acho que já é a segunda vez que lhe reconheço o bom-gosto. Estatísticamente, isto é uma chatice.
    Para descomprimir o ambiente, embora a monarquia me aborreça mas os heróis sejam já escassos, termino com o seu fétiche apoteótico :)

    http://www.youtube.com/watch?v=YYjBQKIOb-w

    Obs. Um bom domingo, e as minhas desculpas à autora do blog por estes devaneios dominicais.

    BB

    ResponderEliminar
  6. Se fosse mais vezes à missa e às actividades da Comunidade educativa, não ganharia mais?
    Esta é especialmente para a "senhora Dona" BB ;) senti a sua falta, não na missa claro ;)
    Quanto ao video fartei-me de rir mas estou preocupada, a sério zélia!
    Tu estas a pedi-las, "tás tás", depois nem a pedires Socorro te safas ;)
    Eu tenho que encontrar um revendedor da Bimby igual ao da Zélia ;) faz mesmo tudo?? mas tudo?
    BB tem uma, não tem?
    Ah, não falem mal dos bailes da pinha, sempre adorei aquele momento deprimente de todos ao molho e fé em deus...realmente(nunca melhor falando)ser Rei é uma questão de sorte ( podia ter nascido com dificuldades de dicção...)
    O Sr.LT continua com bom humor..e resposta pronta, isto vai! ;)
    Ass:
    Ainda não sei se deva...

    ResponderEliminar
  7. A Ainda Não Sei se Deva ... levantou um pouco do véu da minha estratégia ... e como fui à missa no domingo, confesso que fui assolado por sentimentos de remorsos ... e passo a confessar-me:
    O convite para o "Ó que horror um baile de pinha" tem a ver com o facto de aquilo estar apinhado de dançarinos e não termos grande espaço para mostrarmos os nossos dotes de Travoltas, o que me dá bastante jeito pois sou um pés de chumbo ... a fase matreira e vem a seguir ... como o espaço à nossa volta era exíguo e condicionado pelos pares vizinhos, estávamos assim tipo duas metades de pão bem apertadinhas numa tostadeira ...
    Nesta comparação há uma pequena diferença ... a tostadeira tem uma patilha de segurança que prende as duas abas e aperta-as ainda mais, inversamente às presilhas das nossas calças que também serviam de patilha de segurança, ... nalguma situações em que as meninas dançavam pondo as mãos nas nossas ancas e encaixavam os polegares nas nossas presilhas e aquilo funcionava como sistema de travagem ... tipo ABS Recinto de Baile ... rssssss
    ... ainda em relação à tostadeira, mais não explico pois todos temos tostadeiras e sabemos como aquilo funciona e até como fica o fiambre quando a exposição à tostadeira é em demasia ...
    :))))))))))))))))

    LT (atacado de riso) o que é bom para começarmos o dia

    ResponderEliminar
  8. E eu no final do dia tbm já me fartei de rir...é que me lembro mesmo bem do pormenor dos dedinhos nas presilhas das calças ;)
    quer dizer...de ouvir contar ;)

    Rir ajuda-nos a olhar para as coisas de uma outra forma... digo eu que sou uma mulher nervosa.
    Vou passar a olhar com outros olhos para a minha torradeira...se bem que pense que é da Tosteira que se trata...
    é que a 1ª pode ter aquele sistema de fazer saltar as "torradas" quando no ponto certo ;)
    hummm pensando bem, no baile dava jeito..tipo catapulta para chegar à fita...

    Ass: ainda não sei se deva...

    ResponderEliminar
  9. Ainda Não Sei Se Deva:
    (eu bem tento que se atreva e o "Ainda" dá-me essa esperança…)
    Bem sei que já não vou à missa desde 1935 (…e há quem “nos” aponte determinadas carneiradas…) mas considero-me um espírito tendencialmente livre. A única coisa a que devo obediência é à minha consciência e, esta, já está ajustada aos princípios que considero essenciais para que possamos viver numa sociedade menos hipócrita e egocêntrica. Sei que se referia ao outro convite… mas eu e o frio não somos muito chegados… De certeza que compensarei estas faltas irreparáveis nos eventos de Verão…
    Olhe, já eu nem revendedor nem bimby… A minha sorte é que eu sou uma autêntica "fada do lar", a própria bimby (BB) em pessoa, com a vantagem de nem gastar electricidade. Os meus netinhos não me deixam mentir…:)
    LT:
    I am shocked…o LT é um caso de estudo. Supunha eu que os católicos domingueiros só podiam…bem… epá… (diz-se procriar…?) quando a sua participação nos bailes da pinha tinham segundas, terceiras, quartas e quintas intenções…? Enfim…um jogo de mudanças completo em que só reduzia a velocidade com o travão de mão? :) As “irmãs” sabem do perigo que correm com o LT a frequentar as igrejas…? Começo a suspeitar que tem ar de menino de coro e…vai daí, já vi “tsunamis” a começarem por menos … rssssssss rsssssssss
    Sinceramente, espero que continue a direccionar essas toxinas com a mesma pontaria, inteligência, descontracção e sentido de humor. A conjugação de tanta coisa já escasseia ou então anda muito escondida… (e vou já calar-me antes que isto pareça um “sim, aceito ir puxar a fita com o LT no próximo baile da pinha) rssssssssssss rssssssssssss … Tenho a certeza que o David Bowie o perdoaria! :)


    BB

    ResponderEliminar
  10. "Comadre"
    Está muito calada! .. ou anda atarefada em apanhar os cacos??? ... não me admiro nada, pois partiu a cantareira toda logo de início ...

    LT

    obs 1) nos comentários anteriores quando me refiro a tostadeira, é à máquina de fazer tostas.
    E a verdadeira tosta, a genuína é aquela que é composta por uma fatia de queijo e outra de fiambre.
    Agora há umas modernices à base de produtos sucedâneos, em que até vai sair legislação nova em como as tostas já podem ser, ou com duas fatias de queijo ou com duas fatias de fiambre.
    ... não será certamente a mesma coisa ... nada pode substituir aquela cumplicidade entre o fiambre aquecido e o queijo derretido ...

    Prometo também que não maço mais neste post.

    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  11. Calada? Eu? Eu mesma? Jamais.
    Mas vocês estão tão entretidos, achei que seria pecado meter a colher.

    ResponderEliminar
  12. Pecado, pecado, é existirem tão poucas Zélias a apanhar os cacos do lixo que outros fazem. Até entre os católicos há os praticantes, os assim assim e os que só vão à missa ao domingo porque fica bem ler os salmos.
    Zélia, hoje "paressias" ter a cantareira intacta, mas já sabes que eu não olho muito para o papel de embrulho, tento fazer como o Super-Homem, para ver o que existe para além da fachada.

    Ass - Revendedor da Bimby, II

    ResponderEliminar
  13. ... prometi que não dizia mais nada, mas com o comentário do revendedor da bimby não resisti ...

    "Zélia, hoje "paressias" ter a cantareira intacta ?? :))) uhmmm há algo de estranho neste comentário ... mas mais estranho é quando diz ....
    "eu não olho muito para o papel de embrulho, tento fazer como o Super-Homem, para ver o que existe para além da fachada." .... estranho, muito estranho ... que terá ele visto com a sua visão Raio X por detrás do papel de embrulho para dizer que a cantareira estava intacta ???

    LT (feito cusco)

    ResponderEliminar
  14. Bom, quero em primeiro lugar esclarecer que eu e outras pessoas que aqui têm escrito "paresse" sabem conjugar e escrever correctamente o verbo Parecer. É uma private joke, como diria o LT.

    Como deve compreender, o seu estatuto relativamente anónimo ainda não lhe permite chegar a esse nível de conhecimentos. Para obter a licença de revendedor da Bimby aqui no Açucar Amarelo ainda tem muito chão pela frente. Não é coisa que se consiga com um diploma RVCC...

    Olhe, estamos quites. Eu a tentar confirmar a sua verdadeira identidade e você a tentar descobrir se tenho a cantareira escangalhada.

    ResponderEliminar
  15. ...ahahahahahahahaahahahahha ...Pensava que hoje já nada me faria soltar esta gargalhada...depois de ouvir as escutas ao Pinto da Costa, ao Major Valentim e ao filho, aprendiz de feitiçeiro...! Resultados, só no fim do jogo ;)

    ResponderEliminar
  16. ~Cara Zélia: Penso que actuações deste tipo são no minimo lamentáveis. Eu também não morro de amores pela personagem, mas acho que as pessoas não devem ser tratadas desta maneira.É uma pena que com a sua viragem à esquerda tenha adquirido estes figados.Enfim sinais dos tempos...

    ResponderEliminar
  17. Caro Anónimo

    1. Há de facto actuações lamentáveis, e quem as costuma lamentar mais é quem as sente na pele. Não morre de amores pela personagem? É porque não deve conhecer tão bem como eu, caso contrário, os seus sentimentos seriam muito mais... veementes.

    2. Ao contrário de si, toda a gente sabe quem eu sou. O meu nome está escrito com todas as letras, a ponto de começar o seu comentário tratando-me pelo meu nome próprio. Assumo as minhas opiniões, aqui e em qualquer lugar.

    3. Apesar de me tratar pelo nome próprio, afinal não me conhece assim tão bem. Sempre fui de esquerda, e não sou militante do Partido Comunista. Fui, em tempos, apoiante do Partido Socialista aqui em Moura e afastei-me por pura desilusão. Partidariamente, estou algures a meio do caminho. A CDU de Moura considerou que o meu contributo poderia ser válido e convidou-me. Apoio incondicionalmente um grupo razoável de pessoas que integram esta força política, a quem reconheço o carácter e a força de vontade para lutar por este concelho. Aceitei e não me envergonho de o ter feito. Dentro da CDU toda a gente conhece claramente a minha posição. Não prometi assinar ficha nenhuma e ninguém me prometeu um lugar ao sol em troca. Enquanto acreditar nestas pessoas e confiar no trabalho que fazem, permanecerei ao seu lado. Quando começar a ver atitudes prepotentes, quando ouvir alguma ameaça velada a alguém só porque "não é dos nossos", quando isto se transformar num "se não estás comigo, estás contra mim", simplesmente virarei as costas e remeter-me-ei à minha insignificância.

    4. Há realmente pessoas que fazem viragens, uma previsíveis, outras surprendentes e inesperadas, umas à esquerda, outras à direita, outras para onde sentem o cheiro da oportunidade. Todas estão no seu direito e devem ser respeitadas, excepto talvez, as últimas. Acho que essas já podem ser tratadas desta maneira...

    Cumprimentos,
    Zélia

    ResponderEliminar
  18. Cara Zélia:
    Comadre não se amofine tanto.Afinal vivemos num país livre.Siga o seu caminho (político e pessoal)e que lhe faça bom proveito.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  19. Não estou amofinada... E se estivesse, via um bocadinho do vídeo, passava-me logo.
    Se eu sobrevivi ao "Hélio dos Passos", acha que me ia chatear agora?

    ResponderEliminar
  20. Escrever anonimamente ou com um falso nome, neste mundo virtual onde podemos promover aquilo que somos ou aquilo que queremos fazer crer que somos, é relativamente fácil. A parte difícil é expressar e assumir as nossas ideias e opiniões frontalmente.
    Os anónimos dão lições morais de como tratar ou não tratar determinadas pessoas e, por princípio, assumem, desde logo, que: todos têm que dar a outra face e ser socialmente correctos ainda que desconheçam os motivos que levam alguém (num blog pessoal em que não se esconde a identidade) a referir-se jocosamente a outrem ou a determinados factos e situações; justamente por ser um espaço pessoal, ainda que aberto a quem tenha interesse em ler o que por aqui se escreve, é um espaço de expressão livre do seu autor…e compreende-se que cada qual falará do que lhe vai na alma; mas depois tais elevados princípios morais e, supostamente, isentos, o anónimo moralista acaba por descambar no final do comentário: “É uma pena que com a sua viragem à esquerda tenha adquirido estes fígados”… (Frase lamentável com efeito boomerang e que lhe acerta em cheio no meio da sua máscara branca). Será que não devia olhar mais vezes para dentro de si e fazer logo um check up completo a todos os seus órgãos, "fígados" incluídos? Notei por aí uma determinada espécie de azia…
    Pelo sim, pelo não, vou fazer um exame ao fígado não vá tratar-se de alguma virose esquisita que só ataca as pessoas de esquerda … Atenção condutores, não guinem muito o volante para a esquerda não vá dar-se o caso de também serem atacados por essa perigosa pandemia nos “fígados”… Será cirrose !???
    LT, fique tranquilo (afinal, não é só cusco de procissões com candidatos autárquicos…) tenho o pressentimento que a visão Raio X do Revendedor não incluí lingerie feminina nem afins, embora aquele comentário possa, de facto, dar azo a interpretações muito duvidosas… Uhmmmm… também confesso a minha curiosidade (puramente científica, claro…)
    Zélia, já que estamos em onda de confissões, também confesso que gostaria muito de ter escrito o último parágrafo do seu comentário anterior. Como não tive esse prazer, resta-me subscreve-lo na íntegra.

    Uma boa semana… porque, com mais ou menos ruído, a caravana sempre passa…

    BB

    ResponderEliminar
  21. eh eh eh ... vê-se que o anónimo do comentário de 30 de Janeiro das 18:27 ainda conheçe pior do que eu a ZP. Em meu ver, ela já tinha estes fígados antes de virar à esquerda ... rsssssssssssssssss
    ... e também confesso que pelo que aqui vou vendo, um dia que a ZP e a BB se juntem numa mesa de café à conversa, Nero era de certeza absoluta um menino de coro nas artes da piromania (não da pirotecnia) ...

    tss tsss
    Lixo Tóxico

    obs) deve ser o post mais comentado ... merece uma festa ... ZP quando fazes um bolinho com chá e convidas os comentadores para a festa do blog ??? promento que não levo óculos com visão raio x !!!

    ResponderEliminar
  22. LT, nesse caso, tenha cuidado... já viu a facilidade que existe em incendiar lixo, especialmente quando é tóxico? Já quando a água é cristalina e transparente nem o desejo mais incontrolável de atear fogos produz qualquer efeito :)
    Mais uma confissão - ainda me faz converter -, em criança fui uma potencial pirómana mas aprendi, da pior forma, que não se brinca com o fogo a menos que tenhamos a certeza de o conseguir controlar..!
    Mas quem nunca experimentou aquela sensação de hipnotismo provocado pelas chamas? Isso fará de nós todos pirómanos? Acho que não.
    Há quem goste de deitar, discretamente, achas para a fogueira para ver se o circo pega fogo. Pela minha parte, sou mais apologista do deitar água na fervura..,sou fã incondicional do "peace and love", a menos que seja (ainda que indirectamente)provocada. Nestes casos, pode ter a certeza, que sou uma autêntica bomba-relógio.
    Zélia, também alinho no lanche da festa do blog desde que haja cafeina... e se o LT, em vez dos óculos raio X, prometer levar os apetrechos de bombeiro. Nunca se sabe a que outras personagens nos associarão, no dia, em que nos juntarmos à mesa do café...

    obs) Aceito propostas, exceptuando os velhos dos Marretas.

    BB

    ResponderEliminar
  23. Quanto à piromania/pirotecnia: Confesso que tenho pavor de fogo. Tenho um medo horrível de coisas que possam arder, explodir, sei lá que mais. Quanto à segunda, há por aí quem faça grandes festivais com fogo de artifício incluído, e depois, vai-se ver... só fumarada.

    Como diria o outro, "eu é mais bolos". Por isso, não me importo de organizar o lanche, e até posso fazer um bolo, embora aquele bolo de frutas que a Maria faz acabe comigo. Mas como é que vocês vêm cá lanchar? Com ou sem máscara?

    ResponderEliminar
  24. Com máscara,claro...
    Vou preparar um mix. Levo o fato do Homem-Aranha mas não dispenso a cabeleira loira...e vou tentar imitar a voz do Donaltim.
    Com sorte,e com uma mesa cheia de bolos, ninguém notará a minha presença

    :)

    BB

    ResponderEliminar
  25. BB

    De Homem Aranha ... não!!! Zélia, proíba-a de vir de homem aranha.

    LT

    ResponderEliminar
  26. ... se ela vier de homem aranha então a pateada ainda é maior ... depois não digam que eu não avisei ...

    http://www.youtube.com/watch?v=aanoBBbJoA8

    tenho ou não razão?

    tss tsss
    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  27. Obrigada, estava a precisar de uma boa gargalhada!

    ResponderEliminar
  28. (Agora quase que me dá um ataque….. de tanto rir)
    Eu bem tento enfiar-me em todas as máscaras, mas são só tiros nos pés…
    Ainda estava a tentar perceber porque razão me queriam impedir de ir vestida com a máscara do meu Super-Herói (ainda pensei que alguém pudesse ser alérgico a teias de aranha…). Logo agora que até estava disposta a negociar e a deixar a cabeleira loira em casa...
    LT se bem lembro fui eu quem o avisou primeiro… ou nunca quis crer na possibilidade de eu poder ser panisgas? E pensar que estive tão perto de conseguir ir a um Baile da Pinha consigo (não me conformo)…Olhe, agora aguente-se…e nunca mais diga nunca…
    Zélia, acredite, aquele vídeo foi uma montagem, uma armadilha para denegrir a minha imagem. Pagaram a alguém para se fazer passar por mim no vídeo do Hélio dos Passos. Não é só ao Sócrates que estas coisas acontecem…
    Faço um derradeiro apelo ao LT (já que nunca chegou a esclarecer se iria com ou sem a máscara): traga um disfarce de juiz ao lanche e eu prometo esquecer aquele mix folclórico, trocando a máscara inicial apenas pela máscara fofinha do Donaltim…
    Zélia, se não for abusar demasiado dos seus fígados :) tente não empatar a coisa levando a máscara da Fátima Lopes…ou o seu amigo das armações cor-de-rosa.
    Asseguro-lhe que, como prova de gratidão, não vou esquecer que estamos em Fevereiro…;)

    http://www.youtube.com/watch?v=5tf6TxKXksg

    BB

    ResponderEliminar
  29. rsssssssss

    :)))))))))))))))

    LT

    ResponderEliminar

Nenhum homem é uma ilha.

No momento em que passam quatro anos sobre aqueles dias loucos e felizes da minha transferência para Évora, apercebo-me do impacto que a...