segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

E de repente...

...ninguém cala o Cavaco
ninguém cala o Cavaco
ninguém cala o Cavaco
oo-ee-ôôôô...

                      

Sem comentários:

Enviar um comentário