sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Tempos díficeis


Normalmente chegam todos ao mesmo tempo e é ao mesmo tempo que contam os episódios caricatos da manhã, neste que é o único ano em que os "fabulosos cinco" primos estão em simultâneo na Escola Secundária de Moura.

Mas hoje, o assunto era apenas um: O Director da Escola e uma docente foram suspensos da sua actividade por 90 dias úteis. Não sei que motivos levaram a esta situação, e naturalmente só a averiguação do processo em curso ditará conclusões. No entanto, ainda que o Director venha a ser ilibado de quaisquer responsabilidades em quaisquer acusações que lhe estejam a ser formuladas, esta é uma nódoa que não sairá deste pano, e que esta Escola não merecia.

Não concordo com este modelo de gestão. Considero-o uma regressão na democracia que deve existir numa escola, um lugar que deve ser um baluarte de liberdade. Num sistema de gestão mais equilibrado e menos centralizado e individualista talvez não se verificassem as condições que proporcionam o aparecimento de casos como este.
                  

4 comentários:

  1. ZP dixit:
    "Não sei que motivos levaram a esta situação" ...
    "Num sistema de gestão mais equilibrado e menos centralizado e individualista talvez não se verificassem as condições que proporcionam o aparecimento de casos como este."

    então no que ficamos? sabe ou não sabe os motivos?

    tss tsss
    LT

    ResponderEliminar
  2. As ideias não decorrem uma da outra. São coexistentes. Não sei. A vida já me ensinou a não acreditar em tudo o que ouço dizer.

    ResponderEliminar
  3. Fernando Pinto14/12/10, 15:53

    Tambèm não gosto de atirar pedras a tudo o que meche. Até porque o Sr. devera ter os seus motivos. Em todo o caso, António Aleixo dizia:
    " A rica tem nome fino
    A pobre tem nome grosso
    A rica teve um menino
    E a pobre pariu um mosso"

    ResponderEliminar