sexta-feira, 18 de março de 2011

(Des)governo


           

3 comentários:

  1. No meu cantinho, cá de longe, vejo o meu pobre Portugal, de gratas recordações da juventude, teimar em não aceitar mudar. Sonho meu, sonho meu, porque será tão difícil acordar!
    A saudade é o vento na vela que me faz navegar.
    A vergonha, a revolta e a indignação é o que me leva a aportar.
    Obrigado.
    Carlos -RJ

    ResponderEliminar
  2. Isto é de gente.... culta!

    ResponderEliminar
  3. Não tenho títulos....nem alma pequena.
    Carlos - RJ

    ResponderEliminar

Como se (des)faz um leitor

Diálogo abreviado mas absolutamente real: - Olá, bom ano! Já há algum tempo que não a via, não tenho ido à Biblioteca. - Olá, bom an...