sexta-feira, 17 de junho de 2011

Copianço na justiça

Com meio mundo a falar deste assunto, nem sei o que vos diga. Não tenho palavras, só tenho vergonha, muita vergonha de saber que isto é permitido no meu país. E passa-se a mão com condescendência sobre a cabeça de quem representará a justiça, de quem a vai aplicar, de quem escolhe começar a sua carreira de maneira fraudulenta e sem qualquer pudor.

2 comentários:

  1. Pensa lá bem no que nos tornámos:

    - O Presidente da República trocou uma casa por outra que valia o dobro, para não pagar imposto;

    - O aínda Primeiro-Ministro tem um diploma universitário mais que duvidoso;

    - O líder de um dos partidos que vai formar governo tem processos a decorrer em tribunal relacionados com decisões que tomou a última vez que esteve no governo (ele que enquanto jornalista defendia que ministros com processos em tribunal se deviam demitir...)

    - O cantor com mais sucesso no nosso país foi multado por ter plagiado várias canções que construíram o seu sucesso;

    - Vários autarcas foram eleitos, mesmo tendo sido julgados por corrupção;

    - Futuros juízes copiam num teste, e mesmo assim têm nota positiva...

    E se puxasse um pouco mais pela cabeça, a lista continuava...

    ResponderEliminar
  2. Que raio de magistrados são estes que não sabem cabular sem serem apanhados?
    Já não há estudantes como os de antigamente!
    Cumprimentos

    ResponderEliminar