sexta-feira, 10 de junho de 2011

Pânico na Sorbonne

Foi declarado o Estado de Emergência na Universidade de Paris - Sorbonne. Mal surgiram os primeiros rumores sobre a iminente inscrição do aluno português José Sócrates, estão a ser preparadas várias alterações aos Regulamentos da Universidade. Entre as medidas previstas, estão já a ser expressamente proibidas quaisquer prestações de provas de avaliação aos sábados, domingos e feriados. Também está a ser analisada a hipótese de encerrar sumariamente o curso de Filosofia, uma vez que muitos filósofos já estão mortos e não podem defender-se das acusações de "inverdade" a que certamente serão sujeitos por este aluno exemplar.

Apesar de ser o maior complexo universitário francês e de existir desde o séc. XIII, tendo inclusive sobrevivido à Revolução Francesa e a duas guerras mundiais, os responsáveis pela Universidade temem que esta não resista aos sucessivos casos por explicar  do aluno José Sócrates e que venha a ser encerrada mal este obtenha o diploma.

Um dia, todos os Sócrates serão filósofos.

                                    

5 comentários:

  1. Será que ele precisará de um ano inteiro para tirar o curso completo?!

    ResponderEliminar
  2. Estás enganada, com o nome de Sócrates na Sorbonne, metade das cadeiras do curso de filosofia, estão asseguradas, a licenciatura demorará meia dúzia de meses, um ano será suficiente para o doutoramento. A inveja que provocará em M.M.Carrilho. E regressará a Portugal, com um mestrado em francês técnico...

    ResponderEliminar
  3. Esperemos que não sejamos todos Socratizados... mas, realmente o homem precisa de ser doutor numa universidade à prova de suspeita, pelo menos até agora... será o único aluno permanentemente rodeado de assessores.

    ResponderEliminar
  4. Quer dizer que em França, também se fazem exames aos fins de semanas?
    Então é provável que algumas figuras francesas, também tenham doutoramento duvidoso.

    ResponderEliminar
  5. Para qualquer pessoa de bom senso, é ponto assente que as provas decorrem em dias úteis, mas com o amigo Sócrates... o bom senso pode não ser suficiente. É preciso legislar, e mesmo assim...

    ResponderEliminar

Nenhum homem é uma ilha.

No momento em que passam quatro anos sobre aqueles dias loucos e felizes da minha transferência para Évora, apercebo-me do impacto que a...