terça-feira, 21 de junho de 2011

Também acho que o dinheiro gasto em bibelots é um desperdício

E além disso, ainda é preciso andar sempre a limpar-lhes o pó... Uma desilusão para os que estavam à espera dos tais "lugares".


Passos Coelho já não nomeia novos governadores civis


                                

2 comentários:

  1. Totalmente de acordo, menos jobs for the boys. Espero que agora se parta para a redução do número de cargos na administração e extinção de institutos e direcções-gerais que dupliquem competências. As acumulações e empresas municipais, devem quanto a mim levar com igual medida. Isto não pode continuar e não será certamente com a redução do jardineiro da junta de freguesia, que se promovem os necessários cortes...

    ResponderEliminar
  2. Nas câmaras devia ser igual!
    Cumprimentos

    ResponderEliminar