A horta na cidade

O Continente pegou no Tony Carreira e numa horta desmontável e promete instalá-la no centro de Lisboa, em plena Avenida da Liberdade, amanhã. O objectivo é supostamente dar a conhecer aos lisboetas a origem dos produtos que consomem, e aproximar os clientes do hipermercado dos produtores nacionais.

No entanto, a iniciativa parece estar a ter o efeito contrário. É que os lisboetas estão a ficar fulos por causa dos condicionamentos no trânsito a que tudo isto obriga...

           
Adenda
Depois de ter escrito este post, encontrei outro ponto de vista cuja leitura aconselho, embora discorde relativamente à necessidade de fazer mais publicidade com antecedência. A publicidade foi feita, mas as pessoas não abdicam do seu carrinho. Além disso, dizer mal é um hábito. Se se faz, é porque se faz, se não se faz, é porque não se faz. O costume.

Comentários

  1. Prima, pelo menos gabo-lhes a coerência, se aquilo se vai transformar numa horta gigante, o nabo fica bem em palco...

    ResponderEliminar
  2. Claro que não resulta, sabemos muito bem qual é a política de compras destes supermercados.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário