quinta-feira, 18 de março de 2010

Feira do Livro de Moura: 30 anos | 1990

1990

De 20 a 28 de Outubro, a X Feira do Livro desloca-se de emergência até ao espaço do actual Cantinho da Música, devido às más condições atmosféricas (pelos vistos começou aqui a tradição de chuva na Feira do Livro).

A presença de José Hermano Saraiva terá sido o ponto alto deste certame, que contou também, com exposições e a actuação de alguns Grupos Corais.


Em 1990, António Lobo Antunes publica Tratado das Paixões da Alma, e o Público, dirigido por Vicente Jorge Silva, sai para as bancas pela primeira vez a 5 de Março. O Nobel da Literatura é atribuído ao mexicano Octavio Paz ''pela sua obra apaixonada e com amplos horizontes, caracterizada por uma inteligência sensual dotada de integridade humanística'.

A nível internacional, a 11 de Fevereiro, Nelson Mandela é libertado pelo regime de Frederik De Klerk, na África do Sul, após 28 anos de prisão. 

A Guerra Fria termina com a assinatura do Tratado sobre as Forças Convencionais na Europa por dirigentes da OTAN e do Pacto de Varsóvia: Carta para uma nova Europa. Gorbatchev é galardoado com o Nobel da Paz e eleito como Presidente da União Soviética e Lech Walesa como Presidente da Polónia. A Alemanha é reunificada e, fazendo jus à fama de grande potência do futebol, vence o Campeonato do Mundo que se realiza em Itália.

A 2 de Agosto, a invasão do Koweit pelo Iraque deixa o mundo inquieto e lança as sementes para a Guerra do Golfo. 

A IBM apresenta o microprocessador Pentium e a Internet torna-se acessível ao utilizador comum.

Como já vai sendo tradição, aqui ficam os dados referentes ao cinema e à música: O filme do ano é Driving Miss Daisy, com nove nomeações e quatro Oscars, num ano em que também se destacam Nascido a 4 de Julho e Tempo de Glória.

Na música, destaque para este Enjoy the silence dos pouco ortodoxos Depeche Mode, que haveria de vencer no ano seguinte o Prémio de Melhor Single Britânico nos Brit Awards.

Sem comentários:

Enviar um comentário