Rapidez

Desde Domingo que ouço falar na rapidez da Procissão deste ano. Afinal de contas, costuma demorar quase 3 horas, e desta vez tudo decorreu em apenas uma hora e meia. Mais ou menos o mesmo tempo que dura um jogo de futebol. Perceberam? Jogo de futebol. Não posso dizer mais nada, há palavras que não se dizem, pelo menos aqui.

Comentários

  1. Caro Anónimo
    Tem a palavra censurada no seu comentário. Substitua, por favor.

    ResponderEliminar
  2. Não me diga que foi por causa de um tal clube que não é verde.



    Célia

    ResponderEliminar
  3. Ou foi uma rapinha ou começou a ter os primeiros sintomas de procissão precoce (acho que percebem o jogo de palavras, mas se tiverem mentes imaculadas eu faço um desenho)...

    kissa kahden jokien

    ResponderEliminar
  4. Não sei se é verdade, mas ouvi dizer que os responsáveis pela organização da procissão cobram por esse acto de fé e por cada imagem que sai da Igreja para participar na mesma. Assim não há fé que resista. Acho que as Comissões de Festas deveriam merecer uma atenção por parte da Igreja. Afinal a quem cabe apoiar a parte religiosa da festa?
    Falhei a minha primeira procissão, mas também não é grave. Não consta que já se cobrem entradas para ir visitar a Padroeira, em dias menos apressados.

    ResponderEliminar
  5. Deixem-me fazer um comentário mesmo 15 dias depois.
    Caso não tenham reparado a procissão este ano foi muito pequena (das mais pequenas que tenho memoria) tudo porque o calor era insuportável.Agora se era insuportável para passear o fato novo num dos cordões da mesma imaginem para quem carregava o andor de N. Sra do Carmo... Eram estes homens que imponham o ritmo, eles não podiam estar sempre a parar, caso contrario não aguentavam fazer o trajecto da procissão. Se a maior parte de nós de mãos vazias não aguentar, pensem nestes homens...
    A meu ver esta procissão devia começar ás 19h ou será que a esta hora vai incomodar a tourada...

    ResponderEliminar
  6. Concordo consigo quanto ao horário da procissão, e quanto à questão da tourada. Há prioridades que se estabelecem que são incompreensíveis. Quanto ao calor, já discordo, porque este é o calor que se faz sentir sempre nesta altura. Apesar de insuportável, não creio que tenha sido esse o factor diferente nesta equação.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário