segunda-feira, 26 de julho de 2010

SNS, ou Salve-se quem puder

Andava eu a pensar que o facto de o meu cunhado ter de comprar o material necessário para a mudança do penso no Centro de Saúde era insólita, mas afinal há bem pior. A Inspecção-Geral de Saúde tem diversos processos instaurados no Serviço Nacional de Saúde a casos de negligência, mas também a casos de roubo, fraude ou profissionais que faltam durante...437 dias seguidos! Vejam aqui alguns exemplos:


Entretanto, o nosso primeiro-ministro aparece na televisão, aproveitando a enorme passadeira vermelha que Pedro Passos Coelho lhe estendeu, e assume o papel de grande herói, o salvador do Serviço Nacional de Saúde. Embora estivesse às voltas com o almoço, pareceu-me ouvi-lo dizer que não podemos deixar de garantir a igualdade de oportunidades e de acesso à educação e e à saúde de forma gratuita. Não podia estar mais de acordo. Oxalá fosse verdade.

Sem comentários:

Enviar um comentário