quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Ainda anteontem tinha pedido ao governo para olhar para o mar

"Cavaco Silva pede ao Governo que olhe para o Interior"

Isto também nos incluirá a nós, modestos residentes no que ele convencionou designar por Alentejo profundo, onde nem  os jornais chegam?
              

1 comentário:

Estrela da manhã

Numa qualquer manhã, um qualquer ser, vindo de qualquer pai, acorda e vai. Vai. Como se cumprisse um dever. Nas incógnitas mãos tran...