quarta-feira, 15 de setembro de 2010

E por falar em educação


Um grupo de estudantes da Academia do Porto protagonizou  um protesto na cerimónia de abertura do ano lectivo no Ensino Superior Politécnico, na passada Segunda-feira,que contou com a presença do Primeiro-Ministro, José Sócrates, e do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago.

Perante um auditório repleto, no Instituto Superior de Engenharia do Porto, subiram ao palco, entregaram uma medalha a Mariano Gago por "fazer com que Portugal seja o país da Europa onde as famílias mais gastam com educação” e leram um comunicado com várias reivindicações.

Dados curiosos sublinhados pelo comunicado dos estudantes:
       - nos últimos dez anos um terço dos estudantes mais pobres abandonou o Ensino Superior
       - as propinas aumentaram 400 por cento
       - Portugal é o terceiro País da Europa com a propina mais alta
       - estudantes continuam a ser "empurrados" para empréstimos, devendo já  cerca de 130 milhões de euros à banca
       - a “maioria” dos 70 mil bolseiros em Portugal recebe uma bolsa mínima de cerca de 100 euros por mês
       - a resposta a um pedido de bolsa demora em média quatro meses

“Não há cerimónias quando um ano lectivo começa sem os Serviços de Acção Social saberem os dados que necessitam para analisar os pedidos de bolsas, porque o sr. ministro ainda não fez aprovar o despacho necessário”.

Mariano Gago ficou estupefacto com o protesto e a medalhinha que recebeu, mas o PM aproveitou logo para destacar as "excelentes condições alcançadas nos últimos anos", disparou metas e percentagens a ritmo de metralhadora e revelou-se muito optimista.

O homem não vive neste mundo...



2 comentários:

  1. Pois "Mais cego é aquele que não quer ver". É mesmo de lamentar...assim está a nossa Educação!

    ResponderEliminar
  2. ... a sorte é que este protesto não chegou ao conhecimento da entourage do PM, porque senão tínhamos uns quantos com bandeiras do partido a atirar pedradas aos estudantes ...

    Lt

    ResponderEliminar