quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Miguel

E pronto, já chegou o Miguel. 3,920 Kg de gente, e já devidamente inscrito como Leitor na Biblioteca Municipal. Parabéns a toda a família.
   

14 comentários:

  1. Até já estou a adivinhar o numero...será o 2010?????

    ResponderEliminar
  2. Parabéns à Marta e ao Jorge, o Miguel é um belo rapagão!

    ResponderEliminar
  3. Já que não tenhp esperança de o tornar sportinguista...

    ResponderEliminar
  4. O que lhe dão na biblioteca que quase todas as funcionárias foram mães nos últimos dois/três anos?

    ResponderEliminar
  5. É fertilizante no ar condicionado!

    Não, estou a brincar. É do bom ambiente, claro. E depois, acaba por ser um pouco contagioso.

    Acho é que vamos pedir ao Sócrates que venha cá fazer uma creche, já vamos tendo número suficiente de alunos, e temos de aproveitar a embalagem com que ele anda...

    ResponderEliminar
  6. Já agora, e só por curiosidade: A equipa da Biblioteca é composta por 15 pessoas efectivas. Já temos neste momento, 16 crianças menores de 18 anos, 9 das quais têm menos de 5 anos. Fixe, não é?
    Há algum subsídio para a natalidade? É que isso em livros deve dar uma coisa jeitosa.

    ResponderEliminar
  7. Parabéns Marta e Jorge, mais um bébé para a biblioteca, e mais um benfiquista é claro!!!


    Célia

    ResponderEliminar
  8. Ainda não desisti de convencer o teu Guilherma a torcer pelos verdes. Não te esqueçad que tenho um cumplice infiltrado na família.

    ResponderEliminar
  9. Guilherme, enganei-me, desculpa.

    ResponderEliminar
  10. sabe que mais esse cumplice já começou a dar frutos, pois o Guilherme passou alguns dias a vestir o equipamento dos lagartos, o que me preocupa bastante!!! lol


    Célia

    ResponderEliminar
  11. Olá...
    Espero que na tua estística conste também o Rodrigo, filho de mais um membro da equipa da Biblioteca :-)

    ResponderEliminar

Nenhum homem é uma ilha.

No momento em que passam quatro anos sobre aqueles dias loucos e felizes da minha transferência para Évora, apercebo-me do impacto que a...