Deve ser a isto que o Primeiro-Ministro se refere quando diz que temos um "jornalismo de buraco de fechadura"


O livro mais caro alguma vez feito, com capa em mármore, estará a partir de segunda-feira exposto na Biblioteca Nacional, em Lisboa, anunciou Paulo Teixeira Pinto, presidente da Babel, novo grupo editorial hoje apresentado.

"Na segunda-feira estará exposto no hall da Biblioteca Nacional "o livro mais caro jamais feito": "Chama-se 'Miguel Ângelo', incorpora uma capa feita em mármore, que pesa mais de 20 quilos, e é uma reprodução exacta de um baixo relevo do Miguel Ângelo feita com pedra da mesma pedreira", disse Teixeira Pinto na Biblioteca Nacional, no final da apresentação do seu grupo editorial, que contou com a presença da ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas.

"É um original único de uma edição limitada, é o número 22 de uma colecção de 99 para todo o mundo e que tem como critério não haver mais do que um por país", explicou.

Para dar um exemplo, indicou que "em Espanha, o livro pertence à Biblioteca Nacional de Espanha".

"Nós colocámo-lo à disposição da Biblioteca Nacional de Portugal graças à grande generosidade de alguém que está entre nós mas não quer ser identificado e que permitiu a aquisição deste livro para Portugal, assim enriquecendo o património artístico. Era uma notícia que eu gostava de dar à senhora ministra", frisou.

Ainda na Sexta-feira estive na Biblioteca Nacional, para uma reunião na Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas. Não podiam ter antecipado a exposição por 1 dia? Gostava de ver que livro é, já que a notícia, escrita com base no novo acordo ortográfico (o que me obrigou a corrigir algumas palavras) nem menciona o conteúdo da obra. Isto de julgar um livro pela capa...

Comentários