quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Há pessoas assim

Há pessoas assim, frustradas. Há pessoas cobardes. Há pessoas desesperadas. Há pessoas que não conseguem imaginar que possam existir outras pessoas, sem medo de dar a cara, que tenham a coragem de assumir as suas escolhas.

A pessoa que me enviou estes mails que vou publicar aqui pensava que eu não tinha coragem de os publicar, por isso até enviou dois. A pessoa que me enviou estes mails e que me acusa de ter falta de memória, deve ter-se esquecido que eu tenho uma belíssima memória, quase fotográfica.

Eu não me esqueci de tudo o que sei, e da mesma forma que publico hoje os mails, posso amanhã publicar algumas histórias "comoventes".

Aqui ficam estes testemunhos da fraqueza de quem não consegue vencer pelo mérito e opta pelos golpes baixos.

A Zélia deve estar com um problema gravissimo de amnésia, pois deves consultar urgentemente um neurologista ou então um psiquiatra,só que as pessoas que te conhecem é que não se encontram nessa situação e então ainda não se esqueceram o que tu sempre foste políticamente e o partido que sempre defendeste,que espézinhava os comunistas de todas as maneiras e feitios, o que será que tu queres mais da Câmara para te teres mudado tão rapidamente para o PCP? Já arranjas-te emprego para a tua familia toda na Cãmara , para os teus amigos, até os que ainda estão para nascer já lá têm o lugar guardado. realmente estas pessoas não têm o mínimo de dignidade, não olham a meios para atingirem os fins. Mas eu não te culpo a ti nem a pessoas como tu mas sim quem dentro do PCP de Moura lhes dá tanta importância. Por essa razão é que eles vão ficando rodeados só com os oportunistas e os verdadeiros comunistas se afastam dessa gente.

---

Quem diria, a Zélia a criticar a política dos seus camaradas do PS,francamente deve estar com grande falha de memória rapidamente se esqueceu dos seus idiais que sempre defendeu, aconselho-a a ir a uma consulta urgente, de um neurologista ou então talvez psiquiatra,pois está mesmo a precisar, é que as outras pessoas não se esquecem o odio que ela tinha aos comunistas,como foi possivel ela esquecer-se tão rapidamente? as pessoas ditas normais e que têm boa visão percebem perfeitamente que tudo isto é puro oportunismo. Como já conseguiu empregar na Câmara toda a familia dela e amiginhos talvez agora ande já a tentar lugar para as filhas e os que ainda irão nascer?....... que fraqueza de espirito, mas a culpa não é tua é das pessoas ligadas ao PCP em Moura que te dão importância e a pessoas como tu , que não olham a meios para atingir os fins.

Nota: Ainda não preenchi a ficha, mas hoje fiquei com tanta vontade...

22 comentários:

  1. A ficha de qual dos lados da barricada???????

    ResponderEliminar
  2. Zelia
    Deve ter sido algum ex camarada que agora se aliou ao PS.
    Os cães ladram e a caravana passa.
    Para isso se fez o 25 de abril. LIBERDADE

    ResponderEliminar
  3. Há uma barricada? Mas onde é que é a guerra?

    ResponderEliminar
  4. Fiquei preocupada com uma coisa. Só arranjei emprego para as minhas filhas e para os que estão para nascer? Então e o meu filho, vão deixá-lo de fora? E os meus sobrinhos?

    Como diz a minha sobrinha (que tem veia de líder, pode ir para chefe de qualquer coisa):

    Nã, nã, nã, nã, nã.

    ResponderEliminar
  5. Zélia, manda-os a encher de moscas

    ResponderEliminar
  6. Há pessoas que vêm o mundo, como se estivesse numa luta constante com todos, aliás contra todos.
    Que frustração para alguns, haver pessoas que mudam de opinião, quando alguém, uma equipa, um ideal, um projecto, dão corpo a um conjunto de argumentos, baseados por vezes em pequenas coisas, que nós nem reparávamos, e nos fazem pensar, o que nem todos fazem, uns por falta de capacidade, outros por comodismo, e ao pensarmos, aqueles que pensam, muitas vezes mudamos.
    Mudamos de opinião, de posição, de visão, dada a conjuntura e os tais pormenores que nós nem reparávamos, mas que constatamos em como são importantes na nossa nova orientação.
    Que frustração para alguns haver alguém a abraçar um projecto da CDU, ou comunista, ou progressista. Não o caminho indicado e lógico e coerente é haver aqueles que passam da CDU, do PCP, para o PS ou PSD, são os visionários, os admiráveis, os que o fizeram por acreditar, por convicção, abençoados!
    No que respeita à Drª Zélia Parreira, sei que já defendeu o PS, entrou em campanhas, que terá eventualmente como todo o ser humano ambições pessoais, profissionais, e daí?
    Mas uma coisa eu sei apoiou há quatro anos a equipa da CDU, antes, não depois como alguns, e cargos? Nenhuns. Este mandato foi escolhida para as listas, por mérito e competência, não se ofereceu, e foi das mais activas na campanha, mas pelo meio fez parte do grupo que apoiou a IVG (interrupção voluntária da gravidez), fez parte da comissão de honra, do jantar de homenagem ao Presidente. Mas não pode, tem de estar coladinha ao Sócrates, ao PS local. Se calhar prejudicou-se mais do que ganhou, não terá cargos de chefia, embora o mereça, porque será visto como oportunismo, se a Câmara muda, nem é preciso dizer nada. Mas como eu sei que não é isso, que a move em termos de convicção, mudou porque acreditou.
    Mas há pessoas que nunca mudam, continuarão sempre frustradas, amargas, invejosas, o ideal de vida é dizer mal gratuitamente, sem que isso acrescente algo à sociedade, fazem parte de uma minoria “ruidosa”, mas silenciosa, ou melhor silenciada pela competência.

    ResponderEliminar
  7. Nem sabem escrever. Vão mas é para a escola, aprender a escrever sem erros e a respeitar quem trabalha. Zélia, fez bem em mostrar isto, quem não deve não teme.

    ResponderEliminar
  8. Zelia. Deseja-lhe a mesma dor de barriiga que desejaste ao que te furou o pneu.acrescenta-lhe mais uma semana, esta gente já te fez muito mal. Pelo menos uma delas,já devia estar cansada de estar só a pensar na tua vida e arranjar outra vitima. Se calhar na proxima reencarnação quer ser como tu.

    ResponderEliminar
  9. Acho que o anónimo das 18.06 se esmerou ao escrever. Tudo verdade. Não acredito é que quem lhe enviou as mensagens consiga perceber o texto.

    ResponderEliminar
  10. Apoiaste a CDU ou a equipa? Afinal o concelho pensou como tu. Afinal quem está com o passo certo?tal como apoiaste a equipa do PS quando naõ estavas tão desiludida, como está a maior parte do concelho e do país. Não me lembro de te ter visto em campanhas anteriormente.Essas pessoas têm cá uma memória ... só não têm para o que devem

    ResponderEliminar
  11. Isto há dois tipos de pessoas, os socialistas de trazer por casa, que não podem com uma pessoa, que já pensou como eles, e está desiludida com um "Primeiro", que para além de incompetente é mentiroso e prepotente, que deixou o País quase na Banca Rota. Depois há os omunistas de cá que nunca se afirmaram dentro da estrutura do partido, nem em nada, e que não podem com ninguém que venha de outra área, e que lhe reconheçam competência, e eles que tiveram lá durante anos, nunca ninguém se lembrou deles. São visões diferentes, mas que provocam azia a ambos os lados. Coitados umas pastilhas RONY e isso passa. Deixa-os Zélia, bem vinda à família comunista, esta onda de gente nova irá mudar o concelho e o mundo, mesmo que tenhamos algumas discordâncias em relação a alguma coisa, a filosofia está mais que certa, somos humanistas e defendemos sempre os mais fracos.
    Só falta preencheres a ficha, aí é que lhes dava uma dor de barriga. Força camarada

    ResponderEliminar
  12. Estive a ler e resolvi vir à liça. Eu sei que não precisas de ajuda que tu sabes resolver isto sózinha. "Elas" também sabem e, sabem que nós sabemos quem elas são. Sabem que não entraste para lá pela mão de qualquer partido mas sim por concurso e que ano após ano, seja com o PS ou com a CDU tens apresentado trabalho, coisa que elas não podem fazer no seu dia a dia, porque não têm competência para tal. Enfim passam pela vida sem saberem o que andam cá a fazer. Eu que não sou comunista apenas lhes digo, "Deus vos perdoe".

    ResponderEliminar
  13. "Há nervosismo a mais na AR e nos edifícios limítrofes"

    Cavaco Silva dixit (06-02-2010)

    tss tsss

    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  14. Viva Zelia, realmente posso dizer que batemos mesmo no fundo. Não acredito na politica mas tenho as minhas ideias e como tal sou constantemente obrigado a repensar nos meus ideais. Pensava eu que as pessoas podem ajudar um partido se trabalharem para tal, mas neste caso esse sujeito(a)já deve ter quem lhe faça o serviço e como tal aproveita para descansar á sombra da bananeira e mandar uns "bitaites" a ver se colam. Pergunto-me se ele tem vida própria ou vive tanto a vida dos outros? O que seria dele sem a Zelia? O que seria o dia dele sem nós que somos o sustento de tão fracas mentes? Espero que tal pessoa aproveite para reflectir, se precisar de ajuda pode sempre consultar quem ele quiser...

    ResponderEliminar
  15. ... como é divertido o "bas fond" da política caleira ...

    rsssssssss

    tss tsss

    Lixo Tóxico

    ResponderEliminar
  16. Prima, parece que cheguei já com tudo dito. Deixo-te o meu beijo solidário.

    ResponderEliminar
  17. ... agora sem toxinas ... ZP, apesar de quem não se sente não é filho de boa gente, eu acho que não deve dar relevância a esses comentários ...
    ... e faça favor de continuar a "postar" para nós por aqui irmos comentando.

    Bjs para a "comadre" :)))))

    LT

    ResponderEliminar
  18. "A inveja é a religião dos mediocres". é impressionante o que ela pode fazer, mas para chegarem aos seus calcanhares terão muito que pedalar...enfim... é de lamentar como se ocupam da vida dos outros e como o sucesso causa mau estar...há pessoas que só estao bem quando os outros estão mal, vivem felizes assim. Coitadinhas. MS

    ResponderEliminar
  19. Estes textos e comentários servem, ao menos, para reflectir.
    O que é, afinal, um verdadeiro comunista?

    - Um verdadeiro comunista assume sempre, orgulhosamente, a sua ideologia;
    - Um verdadeiro comunista não aceita injustiças: principalmente as que mexem com o presente, o futuro e as condições de vida dos que menos podem;
    - Um verdadeiro comunista nunca perde a consciência de classe, independentemente dos cargos que ocupe. Estes devem ser encarados como uma responsabilidade e nunca como uma forma de promoção ou beneficiação pessoal;
    - Um verdadeiro comunista não se verga nem é silenciado pelo poder;
    - Um verdadeiro comunista não compactua com oportunistas, bajuladores, carreiristas e traidores;
    - Um verdadeiro comunista não tem preço, porque a sua consciência e os seus valores, não são mercadorias transaccionáveis;
    - Um verdadeiro comunista assume um projecto colectivo e luta por ele sem esperar favorecimentos imerecidos. Pelo contrário, deve afirmar-se e ser reconhecido, enquanto exemplo de trabalho, responsabilidade e aperfeiçoamento das suas qualidades profissionais e humanas;
    - Um verdadeiro comunista promove o debate, a crítica e a auto-crítica sem verdades absolutizadas e aprofundando a saudável e necessária reflexão comum, assim como o imprescíndivel espírito de equipa;
    - Um verdadeiro comunista não é, apenas, um cartão de militante nos momentos oportunos. Os cartões jamais serviram ou servirão para branquear faltas de carácter e a ausência de vontade para trabalhar em prol de um ideal colectivo;
    - Um verdadeiro comunista, deve sentir-se feliz e orgulhoso, quando a mensagem daquilo que defende é entendida por outros. Não é a ele que lhe cabe a responsabilidade principal por esse papel…?
    - Um verdadeiro comunista, honrará sempre a memória dos que deram o seu bem mais precioso (a vida) por uma sociedade mais livre, fraterna e justa; Honrará sempre a memória dos que foram e continuam a ser espezinhados, oprimidos e subjugados apenas porque não nasceram em berço de ouro … Tristes os que apenas aspiram, nesta vida, a bens materiais – aos que pensam que encontram a felicidade no BMW estacionado à porta da vivenda com piscina ou num roupeiro apinhado de roupas de marca, perfumes e caixas de sapatos… Esses nunca saberão a satisfação do que é dar sem receber, o prazer dos momentos de companheirismo que nos animam a fazer a diferença e a ser inconformados no comodismo que tantos criticam, mas poucos superam.
    Zélia, duvido que esses anónimos sejam ou, pelo menos, tenham consciência do que é ser um verdadeiro comunista. Os verdadeiros nunca se afastam nem confundem questões pessoais com questões ideológicas. São persistentes nas suas convicções e têm os pés bem assentes na terra – Sabem que o caminho é feito de pequenas vitórias, derrotas e muitos obstáculos por superar.Diz-se que a utopia, não é aquilo que nunca se atinge mas sim, apenas aquilo que ainda não foi possível concretizar. Eu penso que essa utopia, somos nós que a fazemos, aos poucos, todos os dias… até nos gestos mais insignificantes mas que são, incomparavelmente superiores, a tudo aquilo que certas pessoas possam aspirar, em termos puramente pessoais, um dia…

    Nenhum comentário anónimo ou ficha de militante modificará o que já és hoje. Uma corajosa Catarina Eufémia disposta a apanhar com os tiros mais traiçoeiros – daqueles que se apanham à queima-roupa só porque um dia ousaste reclamar, fazer e dizer o que muitos gostariam de ter tido a coragem de ter dito ou, simplesmente, de ter conseguido silenciar.


    Ass.- Acho que nem preciso assinar.

    ResponderEliminar
  20. Subscrevo e assino por baixo este belo texto da minha a que lhe amiga das 03:39.
    Comunistas este texto é para ler e reler. Ser comunista é isto tudo e ser anónimo, a vaidade pessoal, por muita competência, que lhe reconheçamos, aqui não cabe,a cartilha comunista é um modo de vida nobre, e nem todos saberão interpretá-la, abençoados dos que o sabem fazer,DAR SEM RECEBER E SER SOLIDÁRIO,JUSTO E HUMILDE.
    Ser comunista é ser diferente, mas é muito bom, acho que todos deviam exprimentar, primeiro
    estranha-se, mas depois entranha-se, acreditem!
    Zélia tú já és uma verdadeira comunista, mesmo sem cartão. Todos te agradecemos

    ResponderEliminar
  21. Oi pessol, vamos dar as boas vindas à camarada Zélia, Zélia a um cargo dirigente e já, é dura quando tem que ser, mas doce no final, prespicaz e observadora, mas sincera, inteligente e organizada, mas humilde, grita quando necessário, mas protege quem precisa, detesta traições e falsos moralismos, justa com a verdade, mas tem defeitos como toda a gente, é do Sporting, e canta mal, e desenha mal e ouve tudo, mas é porreira a nossa camarada, é cá das nossas. O que o PS perdeu, dá de calcanhar às mulheres todas juntas da lista deles, bela aquisição, e é bonita e sensual, mas isto não era para se dizer. Hasta la Vitória, Patria ou Morte

    ResponderEliminar
  22. Gozem, gozem.

    Eu já tenho um cargo dirigente: Lá em casa quem manda sou eu e aqui no blogue também. Beijinhos a todos, apreciei muito o vosso gesto e as vossas palavras.

    ResponderEliminar